. - Agora Já -

.

Foto:
23 de dezembro de 2011

Dois pesos duas medidas: – Durante todo o governo Yeda Crusius, o PT e seus aliados azucrinaram o Piratini com denúncias sobre o Detran, instalando até mesmo uma CPI que teve efeitos políticos devastadores. O distinto público foi alvejado com denúncias de corrupção, mas por trás de todos os cálculos feitos pela então oposição estava o que os deputados chamavam de alto preço da Carteira Nacional de Habilitação. (…)

…Não sei do que vocês estão falando: – Em abril de 2006, o então governador Cid Gomes, do Ceará levou toda a família para o exterior, pagou passagens com dinheiro público e ao ser questionado disse: “não sei do que vocês estão falando”. A deputada que mais bateu no assunto foi Stela Farias, justamente a atual secretária da Administração do governo Tarso Genro. O Detran está subordinado a ela, e no entanto a deputada do PT, hoje secretária, faz pose de desentendida, ao bom estilo Cid Gomes.(…)

…30% acima do valor: – Stela Farias, gritava a quatro ventos que os preços das CNHs deveriam ser reduzidos em pelo meos 30%. Ela reduziu os preços da CNH, que estariam 30% acima do valor? Nem pensar. Stela Farias continua cobrando os mesmos R$ 1.033,63 pela primeira habilitação e já anunciou aumento para fevereiro. (…)

…Agora Stela está aumentando o valor: – Um ano após assumir a pasta, podendo corrigir a distorção que ela mesma denunciou na época, Stela anuncia aumento nos valor. Ao fazer a denúncia na Assembleia, na última terça-feira(20), o líder do PMDB, Giovani Feltes, denunciou: – É a Carteira mais cara do Brasil. Com este preço, dona Stela Farias apurará um lucro de R$ 300 milhões no Detran, este ano. (…)

…IPVA e CNH mais caros do País: – Compulsando os valores praticados no sul do País o deputado do PMDB também descobriu outro dado surpreendente: o IPVA cobrado no RS é o mais alto de todo o Sul do Brasil. O PMDB quer que Stela Farias reduza imediatamente os valores da CNH e do IPVA.

…Campinas-SP bate recorde na cassação de prefeitos: – Os vereadores de Campinas cassaram, na noite de quarta-feira, 21, o mandato do prefeito Demétrio Vilagra (PT), por 29 a 4 votos, por quebra de decorro. É o segundo prefeito a ser retirado do cargo neste ano por uma Comissão Processante (CP) na cidade. Os votos a favor de sua permanência foram dos três vereadores da bancada do PT e um do PCdoB, os mesmos que já foram contrários à formação da CP. (…) 

…A quadrilha da Primeira Dama: – Demétrio foi denunciado pelo Ministério Público como integrante de uma quadrilha que tinha como chefe a ex-primeira dama, Rosely Nassim Jorge Santos. Ele é acusado de fraude em nove contratos da Sanasa durante a substituição do então prefeito Dr. Helio. Demétrio chegou a ficar preso por 22 horas, após seu retorno das férias na Espanha, em razão das denúncias.

Governador indigna-se com ação da polícia paranaense no RS: – A malograda ação perpetrada pelos policiais civis do Paraná no Rio Grande do Sul na última quarta-feira, na qual assassinaram um sargento da Brigada Militar à tiros de sub-metralhadora e acabaram se atrapalhando em um resgate de refém resultando em uma morte de outro inocente em Gravataí, foi taxada de irresponsável pelo Governador Tarso Genro. (…)

…Aqui não é terra de ninguém: – Tarso Genro irresignado disse que não aceitar explicações que busquem justificar esta ação não admitindo que uma polícia de fora do estado venha aqui realizar incursões sem ao menos avisar as nossas autoridades. Esta não é uma terra de ninguém e os responsáveis deverão ser responsabilizados pelos atos ilegais aqui praticados. (…)

…Delegado Chefe muda a postura: – O delegado Ranolfo Vieira Júnior, que ontem logo após o episódio do abate do PM com rajada de metralhadora, tentou se equilibrar em um muro, dizendo que a polícia do Paraná havia informado que estava no Estado e que apenas deixou de informar que já tinha começado a ação por ser ainda madrugada e coisa e tal, mudou de postura tão logo soube que os trapalhões do Paraná tinham levado seus homens a praticar mais uma brejeirada e que mais uma pessoa inocente havia sido morta. (…)

…Ranolfo disse que a ação paranaense foi ilegal: – O que antes teria sido apenas uma falta de comunicação passou a ser chamado de ato ilegal pelo Delegado Chefe da Polícia Civil do Estado. Agora sim, ele está certo, temos no RS a melhor polícia do Brasil, não se justifica o fato de ter que vir uma polícia de fora para prender facínoras em nosso Estado. Era só eles terem repassado as informações que tinham que toda esta barbárie teria sido evitada. (…)

…Nem nosso Gate foi comunicado: – Porque não passada a ocorrência para o nosso Gate- Grupo de Ações Tático Especiais da Polícia Civil Gaúcha. São muitas as ações que o Gate sai do Estado em busca de marginais, mas jamais passou por cima das autoridades locais e jamais agir de maneira desordenada e nem precipitada. O tiro que matou o refém, pode sim ter sido dado por um policial gaúcho, mas tudo isto motivado por uma ação sem planejamento adequado, se fossem os policiais da área de inteligência do Rio Grande do Sul empregados na recuperação dos sequestrados o desfecho não teria sido malogrado. 

E o flagrante? Porque não foi lavrado pela Polícia Civil? – Houve um crime, havia a vítima, haviam as armas do crime e os criminosos estavam presentes. Porque a Polícia Civil não lavrou o flagrante prendendo os criminosos, permitindo que os mesmos embarcassem livremente, como se nada tivesse acontecido para o seu Estado de Origem? De nada adianta o Governador dizer que aqui não é terra de ninguém, se sua polícia corporativamente deixa acontecer esta barbárie e não age como manda a lei.


(55) 3375-8899, (55) 99118-5145, (55) 99119-9065

Entre em contato conosco

    Copyright 2017 ® Agora Já - Todos os direitos reservados
    error: Conteúdo protegido! Cópia proibida.