Acidente na BR 285 que teve duas vítimas fatais poderá ter novos desdobramentos - Agora Já -

Acidente na BR 285 que teve duas vítimas fatais poderá ter novos desdobramentos

Foto:
16 de janeiro de 2012

Desde a ocorrência de 18 de dezembro na BR 285, Km 404,7, envolvendo um veículo Ford Escort e um Caminhão Mercedez Benz, no qual resultaram duas vítimas fatais paira no ar uma sinistra suspeita de que a mulher poderia ter sido vítima de homicídio provocado pelo homem que poderia ter cometido um suicídio.
Na oportunidade o veículo Ford Escort era conduzido por Carlos Cesar da Silva Hahn, 37 anos o qual levava como caroneira, sua esposa Mariane Falabretti, 25 anos, ambos teriam, em tese, morrido em decorrencia do acidente
Esta hipótese, no entanto não tem confirmação, trata-se apenas de suspeitas haja vista a maneira que o marido estaria tratando sua esposa nos últimos dias de suas vidas.
O relato do motorista do caminhão que transportava leite in-natura foi cabalistico afirmando que o veículo Escort não realizou nenhum tipo de frenagem indo diretamente de encontro ao seu caminhão, fato que ficou comprovado pela ausência de marcas de ferenagens do Escort no local do acidente. Esta afirmativa está alimentando a especulação de que o motorista teria arremessado propositadamente o veículo contra o caminhão.
Nos últimos dias surgiu um informa que ainda se encontra na condição de boato, através do qual alguém estaria dizendo que o resultado da perícia realizada no corpo da mulher teria( mas tudo isto encontra-se no campo da especulação, sem comprovação nenhuma) apontado que a mesma teria sofrido morte por asfixia e que a hora de sua morte era de cerca de mais de uma hora antes da morte do marido.
O jornal agoraja.net estará realizando contatos nesta segunda feira, dia 16 de janeiro, com a Polícia Civil aonde está o processo em tela para saber a respeito da veracidade ou desmentido a respeito deste assunto.

 

Para saber mais sobre o acidente em referência acesse:
https://www.agoraja.net/site/ver.php?codigo=1470


(55) 3375-8899, (55) 99118-5145, (55) 99119-9065

Entre em contato conosco

    Copyright 2017 ® Agora Já - Todos os direitos reservados
    error: Conteúdo protegido! Cópia proibida.