Arma de uso exclusivo do Exército avaliada em R$25 mil é apreendida em operação contra o tráfico - Agora Já -

Arma de uso exclusivo do Exército avaliada em R$25 mil é apreendida em operação contra o tráfico

7 de dezembro de 2011

Uma arma, de uso exclusivo das Forças Armadas, foi apreendida na manhã desta quarta-feira durante operação contra o tráfico de drogas na zona norte da Capital e em Guaíba, na Região Metropolitana.
De acordo com o delegado Mario Souza, da 1ª Delegacia de Investigações do Narcotráfico, do Departamento Estadual de Investigações do Narcotráfico (Denarc), a arma possui um silenciador e uma luneta de alto alcance, que permite atingir um alvo de 200 a 800 metros de distância.
— Trata-se de uma arma longa com característica de fuzil e adulterada para o calibre 762, que é de uso exclusivo do Exército. Os traficantes negociavam a arma como um fuzil.
Cobiçada pelos traficantes, a arma custa entre R$ 15 mil e R$ 25 mil no mercado negro.
— É um golpe duro na quadrilha. Mas não sabemos se essa arma foi roubada do Exército ou se entrou ilegalmente pelo Paraguai, Bolívia ou Colômbia — afirmou.
Cem policiais participaram de operação em 40 viaturas. Nesta manhã, ocorreram 13 prisões e, desde o início das investigações, há nove meses, outras seis pessoas foram presas, resultando em 19 detenções.
Foi cumprido também o mandado de prisão ao líder da quadrilha Milton Adair Soares, conhecido como Pipoca. Ele comandava a quadrilha do Presídio Estadual de Lajeado, onde cumpria detenção por homicídio. Ele deverá responder também por tráfico de drogas e associação ao tráfico de drogas, cuja pena pode chegar a 20 anos.
Os agentes cumprem 12 mandados de prisão temporária e 24 de busca e apreensão na Vila Dique, em Porto Alegre, e Vila Ipê, em Guaíba. A ação da polícia foi denominada Operação Ponto Final.
O delegado relatou que os criminosos costumavam aterrorizar moradores.
— A quadrilha agia em Guaíba e distribuía drogas para toda a Capital e Região Metropolitana.
Há indícios de que os traficantes também tenham cometido homicídios.


Rua Barão do Rio Branco, 1012, sala 205 - Centro - Panambi - RS (55) 3375-8899, (55) 99118-5145, (55) 99119-9065

Entre em contato conosco

Copyright 2017 ® Agora Já - Todos os direitos reservados