Chuva causa estragos em 29 municípios do RS e bloqueia rodovias gaúchas - Agora Já -

Chuva causa estragos em 29 municípios do RS e bloqueia rodovias gaúchas



Mais de 400 pessoas estão fora de casa devido à cheia de rios

7 de novembro de 2019

A chuva que atinge o Rio Grande do Sul desde a última semana voltou a causar estragos. Boletim da Defesa Civil divulgado na manhã desta quinta-feira (7) aponta que subiu para 29 o número de municípios afetados pelo mau tempo.

A maioria dos estragos se refere a alagamentos e danos em vias e pontes. Já são 5.959 pessoas afetadas devido às cheias de rios. De acordo com o boletim, o número de pessoas fora de casa caiu de 659 para 449 — o dado, no entanto, pode variar, já que alguns casos mais recentes não estão incluídos no levantamento.

A lista da Defesa Civil Estadual aponta 137 pessoas fora de casa em Cachoeira do Sul, 120 em Lagoa Vermelha, 115 em Lajeado,  48 em São Sebastião do Caí, 19 em Pelotas, sete em Triunfo e três em Guaporé.

— As pessoas estariam limpando as casas hoje (quinta-feira) para voltar, mas, por enquanto, não tem como. Vamos ver como o tempo se comporta. Por enquanto, vou ter que mantê-las pelo menos mais um dia fora de casa — relata o coordenador da Defesa Civil de Lajeado, Heitor Hoppe.

Em Lajeado, devido ao grande volume de chuva, o muro de uma casa caiu por cima de um carro no bairro Jardim do Cedro, por volta das 9h desta quinta-feira (7). O Chevrolet Vectra ficou totalmente destruído. Segundo a Defesa Civil, não havia ninguém dentro do carro no momento do incidente.

Além destes casos, a reportagem apurou que pelo menos 260 pessoas também tiveram que sair de casa em São Jerônimo, na Região Carbonífera. Na cidade, há a união de dois rios, o Taquari e o Jacuí, e a água invadiu as residências. No ponto de encontro, o nível da água está nove metros acima do normal.

Na cidade, pelo menos 200 pessoas estão abrigadas em casas de familiares e amigos — o número exato ainda está sendo contabilizado. Outras 60 foram encaminhadas ao ginásio municipal. Os bairros mais atingidos são Beira Rio, Juventus, Centro e Princesa Isabel.

— Todos começaram a sair de casa na segunda-feira, porque até então estávamos tranquilos. O problema é que a água vem descendo de outras regiões. Nesta noite, tivemos que remover mais gente. Não imaginávamos que a água chegaria nessa proporção — lamenta a coordenadora da Defesa Civil na cidade, Leni Leal de Almeida.

Nível de rios em alerta

A Sala de Situação da Secretaria do Meio Ambiente e Infraestrutura (Sema) monitora o nível dos rios no Estado. São consideradas em alerta as bacias Mirim-São Gonçalo, Camaquã, Vacacai-Vacacai Mirim, Ibicuí, Ijuí, Baixo Jacuí, Pardo, Lago Guaíba, Gravataí, Sinos, Taquari-Antas e Caí.

O Rio Jacuí segue em elevação em Triunfo, São Jerônimo e Charqueadas. A previsão é de que ele só se estabilize a partir do próximo fim de semana.

O Rio Gravataí também segue em elevação nas áreas mais baixas, em Gravataí, Cachoeirinha e Porto Alegre. Esta situação deve permanecer até o final de semana.

Em Taquari, o Rio Taquari está em declínio, mas pode ter elevação nas próximas horas devido ao grande volume de chuva. O Rio Caí está estável, mas também deve subir nas próximas horas em São Sebastião do Caí e Montenegro.

O Rio do Sinos segue em elevação em Campo Bom, com previsão de permanecer assim até sexta-feira, e em São Leopoldo, onde deve seguir nesta situação até o fim de semana.

Em Porto Alegre, o Guaíba deve permanecer estável nas próximas horas. O Rio Ibicuí também está estável em Manoel Viana, mas em elevação em outras cidades. O Rio Ibirapuitã encontra-se em declínio em Alegrete.

Bloqueios 

Uma queda de barreira causa bloqueio parcial na RS-453, em Westfália, no Vale do Taquari. O desmoronamento ocorreu devido ao mau tempo por volta das 9h, no km 64 da rodovia, próximo ao trevo de acesso ao município de Imigrante.

Segundo o Comando Rodoviário da Brigada Militar, o trânsito está interrompido em uma das duas faixas do sentido Serra–Vale do Taquari. Na direção oposta, o tráfego está liberado.

Segundo o Departamento Autônomo de Estradas de Rodagem (Daer), além do bloqueio parcial na RS-453, outras cinco rodovias estaduais apresentam interdições — das quais três têm o trânsito totalmente interrompido: RS-122, RS-129 e RS-130. Já a RS-020 e a RS-040 têm o tráfego parcialmente liberado.

Não há rodovias federais com alterações no tráfego por causa da chuva no Rio Grande do Sul, de acordo com a Polícia Rodoviária Federal (PRF).

Confira os trechos bloqueados:

RS-129
O acúmulo de água causa interrupção total do tráfego em três trechos:

  • de Mariante a Bom Retiro (km 4 e 10)
  • de Bom Retiro a Estrela (km 13 e 14)
  • de Estrela a Colinas (km 50)

Não há alternativa de desvio para os dois primeiros pontos. No trecho do km 50, os motoristas podem utilizar como desvio a estrada municipal.

RS-130
Está interditada em dois trechos, sem caminhos alternativos aos motoristas:

  • de General Câmara a Mariante (km 29 e 31)
  • de Mariante a Cruzeiro do Sul (km 48)

RS-122
Está totalmente bloqueada em um trecho na Serra, por queda de barreira:

  • entre São Vedeleino e Farroupilha (km 45)

RS-453
Está com bloqueio parcial em uma das pistas, por queda de barreira:

  • em Westfália (km 64)

RS-020
Tráfego parcialmente bloqueado devido a um buraco na pista:

  • em Gravataí (km 1,5)

RS-040
Tráfego parcialmente bloqueado devido a um buraco na pista:

  • em Viamão (km 8 e 9)

 

 

*Fonte: GaúchaZH / Foto: Mateus Bruxel / Agência RBS


(55) 3375-8899, (55) 99118-5145, (55) 99119-9065

Entre em contato conosco

Copyright 2017 ® Agora Já - Todos os direitos reservados