Conab confirma quebra de 56% para a soja no Rio Grande do Sul - Agora Já -

Conab confirma quebra de 56% para a soja no Rio Grande do Sul



Estado tem um total de 9,11 milhões de toneladas

Foto: Arthur Puls
8 de junho de 2022

A Companhia Nacional de Abastecimento (Conab) confirmou, nesta quarta-feira, quebra de 56,2% na safra de soja do Rio Grande do Sul no ciclo 2021/2022, 3% a mais que a quebra do levantamento anterior, de 53,2%. De acordo com o 9º Levantamento da Safra de Grãos, com a safra da cultura quase encerrada, o Estado tem um total de 9,11 milhões de toneladas ante as 20,78 milhões de toneladas obtidas em 2021. Índice similar também apontou o Levantamento Sistemático da Produção Agrícola (LSPA) do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE). Segundo o informativo, a redução da safra de soja do Estado está em 55,1%, ante a anterior, com produção final em 9,2 milhões de toneladas, configurando-se, também, como 3,5% menor que a previsão divulgada em março.

“É uma perda extraordinária”, diz Antônio da Luz, economista-chefe da Farsul. Segundo ele, essa quebra só ocorre em “anos muito particulares, de estiagens muito profundas”.
De acordo com o superintendente da Conab no RS, Carlos Bestetti, a causa é a estiagem e os números não foram surpresa. “Isso era esperado desde janeiro, quando começaram os problemas”, diz. Segundo Antônio da Luz, as estimativas apontavam para os 56% desde fevereiro. Mesmo com a quebra da safra gaúcha, a Conab estima colheita de 124,2 milhões de toneladas de soja e uma safra de grãos recorde no país, de 271 milhões de toneladas.

 

*Fonte: Correio do Povo


(55) 3375-8899, (55) 99118-5145, (55) 99119-9065

Entre em contato conosco

    Copyright 2017 ® Agora Já - Todos os direitos reservados
    error: Conteúdo protegido! Cópia proibida.