Criminosos explodem banco, atacam quartel da BM e trocam tiros com a polícia em Canguçu - Agora Já -

Criminosos explodem banco, atacam quartel da BM e trocam tiros com a polícia em Canguçu



Criminosos usaram explosivos para roubar dinheiro de agência da Caixa Econômica Federal. Um policial ficou ferido e um dos criminosos morreu

Foto:
11 de agosto de 2018

Um ataque a uma agência bancária com uso de explosivos, seguido de tiroteio e perseguição policial, assustou os moradores de Canguçu, na Região Sul do Estado, na madrugada deste sábado (11). O quartel da Brigada Militar do município foi alvo de tiros. Um policial civil ficou ferido e um dos criminosos morreu.

Por volta de 1h, moradores relatam que ouviram os primeiros disparos e, em seguida, a explosão. Segundo a Brigada Militar, os criminosos chegaram a fazer reféns antes de explodir os caixas eletrônicos da agência da Caixa Econômica Federal, que fica nas proximidades do posto da BM, atingido por tiros. A quantia levada pelos criminosos não foi divulgada.

Durante a fuga, os assaltantes trocaram tiros com um policial civil no trevo de saída do município. O homem foi baleado e está no hospital de Pronto Socorro de Pelotas, será operado, mas, de acordo com as primeiras informações, não corre risco de vida.

Os bandidos estavam em pelo menos três carros, acredita a polícia. De acordo com o major da Brigada Militar Márcio Faccin, em uma nova troca de tiros, desta vez em um posto de gasolina, um dos assaltantes foi morto na estrada que leva ao município de Encruzilhada do Sul. Ainda não há confirmação se o criminoso foi atingido por um policial ou se pelo segurança do posto. Um homem chegou a ser levado como refém, mas foi liberado momentos depois.

— Foi uma situação bastante agressiva e assustadora para uma madrugada em uma cidade do interior — relatou o delegado Rafael Broadbeck de Piratini, que estava no plantão no momento da ocorrência.

A Polícia Civil acredita que o criminoso morto é o líder de uma quadrilha de assaltantes, pena de 90 anos e 11 meses  a cumprir.

Diversas viaturas fazem buscas na região. Como o ataque aconteceu na Caixa Econômica Federal, a investigação será feita pela Polícia Federal.

Remoção de explosivos

Por volta do meio-dia, o trânsito foi completamente bloqueado no quilômetro 158 da BR-392, em Canguçu, ponto onde ocorreu o tiroteio. Segundo a Polícia Rodoviária Federal, o Grupo de Ações Táticas Especiais (Gate) está no local para remover explosivos no carro utilizado no assalto.

Fonte: CLICrBS /Jose Finkler – Foto: Evaldo Gomes / Arquivo Pessoal


(55) 3375-8899, (55) 99118-5145, (55) 99119-9065

Entre em contato conosco

    Copyright 2017 ® Agora Já - Todos os direitos reservados
    error: Conteúdo protegido! Cópia proibida.