Dois médicos são indiciados por morte de paciente com gripe A no RS - Agora Já -

Dois médicos são indiciados por morte de paciente com gripe A no RS

Foto:
28 de agosto de 2012

Dois médicos de Montenegro, na Região do Vale do Caí, no Rio Grande do Sul, foram indiciados pela morte de um paciente por gripe A H1N1. O adolescente de 15 anos morreu no dia 17 de julho, logo depois de passar pela quarta consulta no Hospital Municipal de Montenegro.

Após investigação da Polícia Civil, os médicos foram indiciados por homicídio culposo por negligência. O garoto passou por três consultas sem que o exame para verificar se ele estava com o vírus H1N1 A fosse solicitado. O antiviral Tamiflu também não foi receitado nem administrado.

O paciente esteve no hospital e foi atendido nos dias 8,14, 15 e 16 de julho. Apenas na última vez o exame de gripe A foi pedido. Como havia remédio em estoque, o delegado Marcelo Farias Pereira entendeu que partiu exclusivamente dos profissionais a decisão de não fornecer o medicamento. Se os médicos forem condenados, o crime prevê pena de 1 a 3 anos de prisão.

“O paciente reclamava de dor de cabeça, dor no corpo, falta de ar, mas os médicos pensavam que era um processo alérgico por um medicamento que ele havia tomado. Coletamos os prontuários e entendemos que houve negligencia”, explicou o delegado Marcelo Farias Pereira.

 


(55) 3375-8899, (55) 99118-5145, (55) 99119-9065

Entre em contato conosco

    Copyright 2017 ® Agora Já - Todos os direitos reservados
    error: Conteúdo protegido! Cópia proibida.