Eduardo Leite defende revisão do plano de carreira e prorrogação das alíquotas por 2 anos - Agora Já -

Eduardo Leite defende revisão do plano de carreira e prorrogação das alíquotas por 2 anos



Candidato ao governo do Rio Grande do Sul promete salários em dia já no primeiro ano

4 de setembro de 2018

O candidato ao governo do Rio Grande do Sul pelo PSDB, Eduardo Leite, defendeu, em entrevista ao programa Esfera Pública, da Rádio Guaíba, uma revisão na estrutura do funcionalismo público e no plano de carreira. Para o ex-prefeito de Pelotas, é necessário rediscutir incorporações e benefícios concedidos, respeitando o direito adquirido.

“Temos que discutir a estrutura de carreira dos servidores, a previdência do Estado. Atualmente a folha de pagamento compromete grande parte dos recursos, então, é necessário reavaliar este modelo. O plano de carreira do RS é anterior a Constituição de 1988”. Leite disse ser a favor da privatização da Sulgás, CEEE e CRM, estatais que estão em xeque em razão da necessidade de um plebiscito para que seja autorizada a negociação. O candidato tucano, porém, fez a ressalva de que a Fundação de Economia e Estatística (FEE) deveria ter sido mantida.

VÍDEO: Rádio Guaíba

O candidato defende a prorrogação por dois anos das alíquotas de ICMS para que o governo que entre tome real conhecimento real das finanças do Estado e assim elaborar um plano de ação para equilibrar as contas. Com um discurso técnico, o postulante ao Piratini falou em revisão de estrutura do Estado, avaliar secretarias e servidores baseados em critérios objetivos e reduzir a burocracia. Eduardo diz que não cabe mais o “esforçado não ser recompensado e o relapso não ser punido.” Sobre os salários, ponto central destas eleições ao governo, Eduardo Leite se comprometeu em colocar em dia já no primeiro ano de governo. “Reconheço a dificuldade financeira do Estado, mas é possível e sem alterar a data de pagamento.”

 

*Correio do Povo / Foto: Guilherme Almeida


Rua Barão do Rio Branco, 1012, sala 205 - Centro - Panambi - RS (55) 3375-8899, (55) 99118-5145, (55) 99119-9065

Entre em contato conosco

Copyright 2017 ® Agora Já - Todos os direitos reservados