Eleitorado do RS tem 53% de mulheres; 1,1 milhão eleitores aptos não são obrigados a votar - Agora Já -

Eleitorado do RS tem 53% de mulheres; 1,1 milhão eleitores aptos não são obrigados a votar



Estado é o 5º maior colégio eleitoral do país e terá mais de 8,5 milhões de pessoas em condições de participar do pleito de outubro.

Foto: Roberto Jayme/Ascom/TSE
18 de julho de 2022

O Rio Grande do Sul terá 8.593.469 pessoas aptas a votar na eleições de 2022. Destas, 1.100.404 (12,8%) não serão obrigadas a participar, pois compreende o público de 16 e 17 anos ou com mais de 70 anos. Mais uma vez, as mulheres se destacam com 52,65% do eleitorado, ante a 47,35% de homens.

O Tribunal Superior Eleitoral (TSE) projeta um número recorde na história eleitoral do país, com 156 milhões de pessoas aptas a participar do processo eleitoral. São 9,1 milhões de eleitores a mais que em 2018, um crescimento de 6,21%.

Eleitorado feminino

Não há estado brasileiro com mais homens do que mulheres aptos a votar. No Rio Grande do Sul, porém, a proporção é maior do que nos demais estados do Sul, por exemplo.

São 4.524.133 mulheres em condições de participarem do pleito de outubro e 4.069.336 homens com o título eleitoral em dia, 454,7 mil a mais. O índice supera a expectativa do Tribunal Regional Eleitoral, que era de 4,429 milhões de mulheres aptas a votar.

A proporção, porém, está de acordo com o estimado. Além disso, confirma uma tendência histórica desde 1996 de ampliar a distância entre a quantidade de homens e mulheres que votam. Nos últimos dois pleitos, havia 52,51% de eleitoras e 47,49% de eleitores.

Faixa etária

No Brasil, a porcentagem de eleitores com 60 anos ou mais este ano é a maior já registrada pelo TSE: 21%. No Rio Grande do Sul, é ainda maior: 26%.

Porém, a faixa etária em que o eleitor não é obrigado a votar por lei é de adolescentes de 16 e 17 anos e de pessoas com 70 anos ou mais. Nesses grupos, estão 1,1 milhão de gaúchos, menos de 13% do total, cujo voto é facultativo.

Assim como no cenário nacional, é perceptível um aumento também neste segmento em relação a 2018. Naquelas eleições, cerca de 10,5% tinha 16 ou 17 anos ou mais de 70. Ou seja, mais de dois pontos percentuais de pessoas aptas a votarem nessas faixas etárias.

*Fonte: G1/RS

(55) 3375-8899, (55) 99118-5145, (55) 99119-9065

Entre em contato conosco

    Copyright 2017 ® Agora Já - Todos os direitos reservados
    error: Conteúdo protegido! Cópia proibida.