Endemistas localizam partes de ossada humana na manhã desta terça-feira em Panambi. - Agora Já -

Endemistas localizam partes de ossada humana na manhã desta terça-feira em Panambi.



Crânio humano envolto em cobertor foi encontrado às margens do Rio Fiúza, nas proximidades do antigo Cachorrão do Alemão.

Foto:
24 de maio de 2022

Foi encontrado na manhã desta terça-feira(24) por volta das 09 horas, restos mortais de uma pessoa em meio a lixo e entulhos que haviam sido jogados às margens do Rio Fiúza, nas imediações do local conhecido como antigo Cachorrão do Alemão.

Devido ao considerável aumento de casos de dengue verificado no município a Prefeitura Municipal mobilizou uma Força Tarefa composta por 30 operários, entre estes funcionários de obras, limpeza e endemias com o objetivo de realizar limpeza em locais que poderiam proporcionar causas favoráveis ao desenvolvimento do mosquito Aedes Aegypti, mosquito transmissor da dengue, da chikungunya, da zika e da febre amarela urbana.

Durante os trabalhos, os funcionários foram surpreendidos com a localização de partes de uma ossada humana envolta em um cobertor, crânio e partes do tórax . Não foi possível se identificar o sexo da vítima, tendo vista o adiantado estado de decomposição, inclusive a falta dos membros inferiores, minimamente era visível tratar-se de alguém que tinha cabelos pretos.

Imediatamente foram acionados os órgãos de segurança pública, Brigada Militar e Polícia Civil e determinada a remoção dos restos mortais e materiais que servirão para a realização de exames, objetivando a identificação da vítima.

A Polícia Civil já deu início a investigação, e por enquanto, não existe nenhuma informação capaz de elucidar o caso e identificar a pessoa cujos restos foram encontrados.

Este slideshow necessita de JavaScript.

Entre as várias suposições, uma delas é que possa ter havido uma desova, ou seja, que o corpo tenha sido transportado para o local em que foi encontrado. Isto porque, o corpo estava debaixo de um colchão e envolto em um cobertor e, que um corpo em decomposição iria exalar forte odor e deveria ter sido sentido por pessoas residentes nas imediações, ou pelos operários que realizam trabalhos nas proximidades do local.


(55) 3375-8899, (55) 99118-5145, (55) 99119-9065

Entre em contato conosco

    Copyright 2017 ® Agora Já - Todos os direitos reservados
    error: Conteúdo protegido! Cópia proibida.