Estiagem - Agora Já -

Estiagem

27 de dezembro de 2011

O forte calor aliado à falta de chuvas em Panambi está começando a preocupar. As águas do Rio Fiúza, que abastece o município estão cada vez mais baixas, o rio às vezes perigoso por seus poços está oferecendo travessia segura em praticamente todos os pontos.
Na barragem da Corsan onde está localizada a bomba de recalque para a estação de tratamento, as aguas estão passando em pequena quantidade. Se continuar a estiagem por mais um mês o Município corre risco até de racionamento, coisa jamais pensada em outros tempos, mas que agora se torna uma ameaça real.
A falta d’água no Rio Fiúza desvela também, outra realidade triste naquele que é um dos pontos de referência de Panambi, a sujeira que continua sendo jogada desordenadamente sobre suas barrancas. Em baixo da ponte que divide os bairros Vila Nova e Serrana, aonde foi realizada uma obra de remodelação após ter caído um aterro obrigando a interdição da mesma, existe uma grande quantidade de entulho que poderiam ser retirados aproveitando-se esta época em que as águas não oferecem perigo. Lixo de toda a espécie é encontrado com facilidade e até mesmo animais mortos são jogados na ribeira do Rio.
Há pouco tempo foi realizada uma palestra com um pessoal que realizou um trabalho de revitalização de rios existentes em Erechim. Nesta palestra se fizeram presentes pessoas da administração, inclusive, o prefeito Miguel. Este era um momento propício para se iniciar um projeto, mesmo que fosse um piloto, mas não existe momento melhor para se fomentar uma ação de limpeza do Rio Fiúza, incorporando a iniciativa privada, clubes de serviço e pessoal da prefeitura municipal para dar o primeiro passo para uma obra de revitalização do Fiúza. A natureza e o futuro de Panambi iriam agradecer muito.


Rua Barão do Rio Branco, 1012, sala 205 - Centro - Panambi - RS (55) 3375-8899, (55) 99118-5145, (55) 99119-9065

Entre em contato conosco

Copyright 2017 ® Agora Já - Todos os direitos reservados