Ex-equipe de Mandetta lança plataforma com dados atualizados da covid-19 - Agora Já -

Ex-equipe de Mandetta lança plataforma com dados atualizados da covid-19



Falta de transparência do Ministério da Saúde levou técnicos e secretários a encontrarem alternativa

Foto: Erasmo Salomão / Divulgação
7 de junho de 2020

Ex-integrantes da equipe do então ministro da Saúde Luiz Henrique Mandetta lançam uma plataforma com dados atualizados sobre a evolução do coronavírus no país. O ex-secretário-executivo da pasta, João Gabbardo, confirmou à coluna que está coordenando a iniciativa ao lado de especialistas em TI que já trabalharam com essas informações.

A plataforma fará a captura diretamente dos sites das secretarias estaduais de Saúde. A equipe não faz  manipulação de dados, segundo Gabbardo. Todas as informações serão apresentados conforme disponibilizados nos sites estaduais e podem ser acessadas no endereço www.dadostransparentes.com.br

Importante lembrar que a coleta dos dados é realizada por meio do sistema Notifica SUS, sistemas estaduais, laboratórios centrais (Lacen), municípios e hospitais que atendem o SUS. O Conselho Nacional dos Secretários de Saúde está atuando em parceria com esse grupo.

Neste final de semana, as  secretarias municipais e estaduais de Saúde estranharam o sumiço das notificações de Síndrome Gripal do sistema de prontuário eletrônico do Ministério da Saúde. Técnicos da secretaria municipal de Porto Alegre, que precisaram acrescentar no ESUS os atendimentos feitos entre sábado à tarde e domingo pela manhã só conseguiam ter acesso as informações até o dia 28 de abril. E, quando eles colocavam as notificações deste final de semana, os dados não apareciam como processados. Na tarde deste domingo (7), de acordo com os técnicos, o sistema voltou ao normal com todas as informações sobre Síndrome Gripal desde o início da pandemia.

Esse sistema de notificações é fundamental para que os Estados saibam quantas pessoas com sintomas de Covid-19 foram testadas e quantas estão sendo monitoradas pelo TeleSUS, canal criado, justamente, para evitar que pacientes sem sintomas graves precisem ir ao hospital.

A assessoria de imprensa do Ministério da Saúde disse que vai precisar consultar a área técnica para saber qual a justificativa para o problema e essa consulta só vai ser possível na segunda-feira (8).

A instabilidade no prontuário eletrônico aconteceu no mesmo final de semana que o Ministério da Saúde mudou o painel com dados sobre o coronavírus. Agora, o painel não tem mais as informações de todos os dias desde o registro do primeiro caso da doença no Brasil. A plataforma no site do ministério diz apenas o número de curados, de novos casos e mortes do dia, sem o acumulado.

 

*Fonte: GaúchaZH/Carolina Bahia


(55) 3375-8899, (55) 99118-5145, (55) 99119-9065

Entre em contato conosco

Copyright 2017 ® Agora Já - Todos os direitos reservados
error: Conteúdo protegido! Cópia proibida.