Fecomércio aponta queda no endividamento das famílias no RS - Agora Já -

Fecomércio aponta queda no endividamento das famílias no RS

Foto:
5 de novembro de 2013
O percentual de famílias endividadas no Rio Grande do Sul apresentou redução no mês de outubro (61,6%) em comparação com o verificado no mesmo período do ano passado (70,2%). Na comparação com o mês passado, houve queda de 6,8 pontos percentuais, ao cair de 68,4% em setembro para 61,6% em outubro. A média registrada de endividamento é de 60,2% das famílias gaúchas, frente a uma média de 67,4% no mesmo período de 2012. Os resultados fazem parte da Pesquisa de Endividamento das Famílias Gaúchas (Peic/RS), divulgada pela Federação do Comércio de Bens e de Serviços (Fecomércio/RS).
O presidente da entidade, Zildo De Marchi, relaciona a queda no endividamento ao crescimento mais moderado do consumo e do crédito em 2013. Ele ressalta como motivos os efeitos da inflação sobre a renda das famílias e liberação mais restrita na concessão de crédito pelos bancos. “O nível de endividamento está maior entre as famílias com renda abaixo de dez salários mínimos”, ressaltou.
Segundo De Marchi, na média em 12 meses, a parcela da renda comprometida com dívidas apresentou redução de 26,7% em setembro para 25,9% outubro. Já o tempo de comprometimento com dívidas passou de 6,9 meses para 6,8 em outubro. Os principais tipos de dívida atualmente são cartão de crédito (81,5%), carnês (14,6%) e cheque especial (8,4%). O percentual de famílias com contas em atraso apresentou redução na divulgação de outubro de 2013 (20,2%) na comparação com outubro de 2012 (35,5%).

(55) 3375-8899, (55) 99118-5145, (55) 99119-9065

Entre em contato conosco

    Copyright 2017 ® Agora Já - Todos os direitos reservados
    error: Conteúdo protegido! Cópia proibida.