Felipão não é mais o treinador do Grêmio - Agora Já -

Felipão não é mais o treinador do Grêmio



Direção e treinador entram em acordo e o clube anunciou a saída no início desta madrugada.

Foto:
11 de outubro de 2021

Mesmo após os discursos pós-jogo na derrota para o Santos por 1 x 0 de que a comissão técnica seria mantida, no final da noite de ontem (10) diretoria e treinador entraram em acordo e decidiram encerrar, por hora, a participação de Felipão como treinador do Grêmio.

Contratado para alavancar uma reação no plantel que não vinha apresentando bons resultados, Felipão iniciou seu trabalho em um empate no GreNal, no dia 10 de julho, logo após a demissão do técnico Tiago Nunes.

Mesmo com toda a mística que o nome de Felipão representa ao Grêmio, desta vez o técnico não obteve sucesso. Na Sul-Americana o time caiu para a LDU, na Copa do Brasil foi goleado pelo Flamengo na Arena e foi desclassificado também e, o pior de tudo é que o clube está desenvolvendo um futebol de péssima qualidade e se mantem entre os quatro últimos, sob risco iminente de cair para a Segunda Divisão.

O Grêmio chegou a esboçar uma reação sob o comando de Felipão, foi nas rodadas 20 e 21, com duas boas vitórias sobre o Ceará e a principal, sobre o Flamengo no Maracanã, mas logo em seguida sofreu uma goleada do time misto do Athletico-PR. Agora nova sequencia de maus resultados, depois de disputar seis pontos em casa diante de clubes da parte debaixo da tabela e conquistar apenas um, o domingo foi decisivo para que diretoria e treinador entendessem que o plantel precisa de outra pessoa com capacidade de modificar o desempenho para escapar do rebaixamento.

O Grêmio tem um plantel considerado muito bom, porém, os resultados não refletem esta realidade. Parece que está faltando comando de vestiário e motivação para os atletas que já demonstram desespero como ocorreu ontem na Vila Belmiro, após a derrota quando Rafinha, jogador experiente que deveria ser um exemplo de reanimação, comete um desatino de tentar agredir um gandula e o choro do goleiro Breno que precisou ser amparado após o jogo.

Até a partida deste domingo, na Vila Belmiro, foram 21 jogos, com nove vitórias, três empates e nove derrotas, entre Brasileirão, Copa do Brasil e Sul-Americana – só no Campeonato Brasileiro, foram 15 jogos, com seis vitórias, três empates e seis derrotas.

Roger Machado é o principal nome a ser buscado pela direção tricolor, porém, ele já sinalizou que no momento, não pretende retornar a casa mata. Sendo assim, caso não consiga convencer seu ex-jogador e ex-treinador, o homem que para muitos, foi quem montou o time que depois voou nas mãos de Renato Portalupi, a direção deverá seguir para outros nomes de uma lista que deve ter.


(55) 3375-8899, (55) 99118-5145, (55) 99119-9065

Entre em contato conosco

    Copyright 2017 ® Agora Já - Todos os direitos reservados
    error: Conteúdo protegido! Cópia proibida.