Gasolina custa R$ 4,38 no Brasil e R$ 2,85 nos EUA; o que provoca essa diferença - Agora Já -

Gasolina custa R$ 4,38 no Brasil e R$ 2,85 nos EUA; o que provoca essa diferença



Veja o que forma o preço de um dos itens que mais pesam no orçamento do brasileiro

Foto:
15 de janeiro de 2020

Quem nunca recebeu uma foto de um posto de combustível nos Estados Unidos? Em destaque, está sempre um preço da gasolina de fazer inveja para qualquer brasileiro que deixa boa parte do salário na bomba. Leitores perguntam como é possível tanta diferença e a coluna traz aqui um comparativo feito pelo químico industrial Marcelo Gauto, especialista na área de petróleo e combustíveis. Com os valores mais recentes, o profissional detalhou a composição do preço médio da gasolina para o consumidor no Brasil, de R$ 4,38, com o cobrado nos Estados Unidos já convertido de dólares para reais, de R$ 2,85.

Com dados públicos, os gráficos abaixo mostram algo que não surpreende, que a grande diferença está na carga tributária. Enquanto nos Estados Unidos, os impostos e outras taxas representam 18% do preço, eles representam 44% no Brasil. Lembrando que o Rio Grande do Sul está entre os Estados com alíquota mais alta de ICMS sobre a gasolina, 30%. Portanto, o gaúcho paga ainda mais tributos do que na média nacional. Tanto que a média do litro da gasolina comum está em R$ 4,76 nos postos aqui do Estado. Sobre isso, leia também: Como é formado o preço da gasolina na Região Sul

Há ainda um peso bem maior do etanol. No Brasil, o combustível tem um percentual obrigatório que precisa ser adicionado à gasolina e que tem pesado nos preços. Ele é de 27%, contra 10% de mistura nos Estados Unidos. Desde o último trimestre de 2019, o custo do etanol tem subido sucessivamente nas usinas do Sudeste e Centro-Oeste do país.

O refino da gasolina em si tem custo maior nos Estados Unidos do que aqui no Brasil. Assim como a distribuição e a revenda também são mais caras para os norte-americanos do que para os brasileiros. Lembrando que são exatamente esses pontos que costumam ser os mais criticados pelos consumidores que, com razão, ficam indignados com o orçamento sufocado pelos gastos com combustível.

 

*Fonte: GaúchaZH por Giane Guerra

 


(55) 3375-8899, (55) 99118-5145, (55) 99119-9065

Entre em contato conosco

Copyright 2017 ® Agora Já - Todos os direitos reservados