Governo reduz taxas de importação de 124 produtos para estimular economia - Agora Já -

Governo reduz taxas de importação de 124 produtos para estimular economia

Foto:
5 de novembro de 2013
A Câmara de Comércio Exterior (Camex) reduziu o Imposto de Importação de 124 produtos não fabricados no país. As resoluções que reduzem as alíquotas do imposto foram publicadas no Diário Oficial da União. As medidas têm validade até 31 de dezembro de 2014.
A Resolução 91 reduz de 16% para 2% o imposto na aquisição de circuito fechado de som, áudio e vídeo para metrô. A 92 baixa de 14% para 2% a alíquota de 119 bens de capital e renova a validade de redução para quatro produtos.
A concessão de redução do Imposto de Importação, na qual os produtos são relacionados como ex-tarifários, atinge especificamente bens de capital (BK) e bens de informática e telecomunicações (BIT), com o objetivo de baratear a compra externa de máquinas e equipamentos.
De acordo com informações das empresas que solicitaram o benefício, os 124 ex-tarifários contemplam principalmente indústria naval (61,24%), produção de bebidas (17,61%), bens de capital (4,41%) e setor de autopeças (4,21%). Os empresários estimam importações equivalentes a US$ 136,6 milhões, com potencial para gerar empreendimentos internos de cerca de US$ 1,3 bilhão.
Os ex-tarifários vão incentivar investimentos, principalmente, para construção de um estaleiro em Aracruz, no Espírito Santo, instalação de uma fábrica de refrigerantes em Itabirito e uma fábrica de peças para motores de automóveis em Poços de Caldas, ambas em Minas Gerais. Os produtos devem vir de Alemanha (32,33%), Itália (30,70%), Estados Unidos (18,12%), China (4,25%) e Espanha (3,03%).

(55) 3375-8899, (55) 99118-5145, (55) 99119-9065

Entre em contato conosco

    Copyright 2017 ® Agora Já - Todos os direitos reservados
    error: Conteúdo protegido! Cópia proibida.