Gravíssimo acidente entre Cruz Alta e Ibirubá resulta em cinco mortes no início da noite deste sábado - Agora Já -

Gravíssimo acidente entre Cruz Alta e Ibirubá resulta em cinco mortes no início da noite deste sábado



Colisão frontal entre um Ford Focus e uma carreta ocorreu no entroncamento das rodovias RSC 377 e RS 233, uma criança de nove anos está entre as vítimas.

Foto:
12 de Maio de 2018

Uma colisão frontal ocorrida neste sábado(12) por volta das 19:00hs no entroncamento da RSC 377 com a RS 233, entre Cruz Alta e Ibirubá resultou na morte de cinco pessoas residentes em Passo Fundo, que retornavam de uma viagem a Alegrete, uma delas um menino de apenas 9 anos de idade.

O acidente envolveu um automóvel Ford Focus, com placas de Passo Fundo e uma carreta com placas de Sapucaia do Sul.  Testemunhas relataram que três pessoas tiveram morte instantânea e duas chegaram a ser socorridas, porém não resistiram aos ferimentos e vieram a óbito instantes após, todas as vítimas viajavam no automóvel.

As vítimas fatais retornavam de uma viagem à cidade de Alegrete, onde teriam acompanhado um cerimonial de entrega de boinas pretas a militares do exército. Todas elas residiam em Passo Fundo, dois casais e um neto de um dos casais de apenas oito anos.

Ângelo Airton Alves Correa, 51 anos(motorista); Dirceu Alves Correa, 59 anos; Isaltina Rosa de Lima, 54 anos; Regina Aparecida de Lima, 51 anos e Mateus de Lima Caciamani, 9 anos, são as vítimas fatais. O motorista do caminhão não sofreu ferimentos, porém, foi internado em estado de choque no Hospital de Ibirubá.

A ocorrência mobilizou todos os órgãos de segurança e saúde de Ibirubá. O trânsito no local ficou paralisado para que os técnicos do IGP pudessem realizar o trabalho no local, já que havia três vítimas que tiveram morte instantânea cujos corpos permaneceram no ponto de impacto do acidente.


(55) 3375-8899, (55) 99118-5145, (55) 99119-9065

Entre em contato conosco

Copyright 2017 ® Agora Já - Todos os direitos reservados
error: Conteúdo protegido! Cópia proibida.