Homicídios e latrocínios têm queda em janeiro no RS, mas casos de feminicídio mais que triplicam - Agora Já -

Homicídios e latrocínios têm queda em janeiro no RS, mas casos de feminicídio mais que triplicam



Foram 10 mulheres assassinadas no Estado no mês passado, contra três no mesmo período de 2019

Foto: Mateus Bruxel / Agencia RBS
10 de fevereiro de 2020

Os índices de criminalidade do primeiro mês de 2020 acendem um alerta para a violência contra a mulher. Enquanto os casos de homicídios e latrocínios tiveram queda em janeiro, na comparação com o mesmo mês de 2019, o número de feminicídios — quando as mulheres são assassinadas por questões de gênero — cresceu 233,33%.

Foram 10 casos de feminicídio em janeiro de 2020 contra três em janeiro do ano passado, conforme indicadores divulgados na manhã desta segunda-feira (10) pela Secretaria de Segurança Pública (SSP). Os crimes ocorreram em Porto Alegre (dois), Erechim, Parobé, São Leopoldo, Campo Bom, Canela, Nova Petrópolis, Torres e Venâncio Aires.

Conforme a SSP, apenas uma das mulheres assassinadas contava com medida protetiva concedida pela Justiça, o que significa que não foi possível colocar em prática ações preventivas quando os casos chegaram às autoridades.

O ano de 2019 havia fechado com diminuição do número de feminicídios. Foram cem casos de janeiro a dezembro do ano passado, contra 116 em 2018 — uma queda de 13,79%.

Homicídios e latrocínios

Quando são analisados os casos de homicídios e latrocínios (roubo com morte), os dados de janeiro de 2020 trazem uma boa notícia para a segurança pública gaúcha. Os dois índices tiveram queda, seguindo a tendência apontada na comparação entre 2019 e 2018.

O número de homicídios caiu 36,68%: foram 145 casos em janeiro deste ano, contra 229 no mesmo mês de 2019.

Quando analisados os dados referentes apenas a Porto Alegre, a redução é ainda maior: chega a 50%. O número de homicídios, que havia chegado a 46 na Capital em janeiro de 2019, caiu para 23 em janeiro deste ano.

Já o número de latrocínios caiu de sete em janeiro do ano passado, para cinco em janeiro deste ano — queda de 28,57%. Em Porto Alegre, não houve nenhum caso em janeiro de 2020, nem no mesmo período de 2019.

 

*Fonte: GaúchaZH


(55) 3375-8899, (55) 99118-5145, (55) 99119-9065

Entre em contato conosco

Copyright 2017 ® Agora Já - Todos os direitos reservados
error: Conteúdo protegido! Cópia proibida.