Incêndio destrói Instituto Penal de Carazinho - Agora Já -

Incêndio destrói Instituto Penal de Carazinho



Nenhum preso ou agente ficou ferido; 108 detentos aguardam definição da Justiça

Foto:
25 de março de 2018

Um incêndio de grandes proporções atingiu o Instituto Penal de Carazinho, no norte do Estado,  na tarde deste domingo (25). Conforme a Superintendência dos Serviços Penitenciários (Susepe), o fogo começou por volta das 13h30min e se alastrou rapidamente. As chamas foram controladas pouco antes das 15h. Nenhum preso ou agente penitenciário ficou ferido.

O instituto é um anexo do Presídio Estadual de Carazinho. Segundo o diretor substituto da instituição, Éberson Tápia de Oliveira, o incêndio, que teve início no alojamento B, consumiu praticamente toda a estrutura do prédio.

— O incêndio destruiu os dois alojamentos da ala masculina. O alojamento que abriga mulheres não chegou a queimar, mas ficou com a fiação comprometida. O prédio não tem condições de ser utilizado neste momento. Não tem luz nem água — afirma o diretor.

Uma perícia será realizada no local para determinar a causa do fogo. Dois caminhões do Corpo de Bombeiros atenderam a ocorrência.

O Instituto Penal abriga 108 presos do regime semiaberto. A capacidade é de 64 presos, segundo o diretor. Os detentos estão no pátio do instituto aguardando uma definição do juiz da Vara de Execuções Criminais sobre onde serão realocados.

É o segundo incêndio que atinge uma casa prisional do Rio Grande do Sul nos últimos dias. Na última quinta-feira (22), o fogo destruiu a ala do semiaberto da Penitenciária Estadual Modulada de Osório, no Litoral Norte, e 86 presos receberam saída temporária.

 

Fonte: ClicRbs – Foto: Divulgação, Amapergs


(55) 3375-8899, (55) 99118-5145, (55) 99119-9065

Entre em contato conosco

Copyright 2017 ® Agora Já - Todos os direitos reservados
error: Conteúdo protegido! Cópia proibida.