Inter bate o Botafogo no Rio e está na briga pela Libertadores - Agora Já -

Inter bate o Botafogo no Rio e está na briga pela Libertadores

20 de novembro de 2011

Desta vez o Inter não perdeu a chance. Fez o seu papel e venceu o Botafogo, na tarde deste domingo, no estádio Engenhão, por 2 a 1. Em uma partida nervosa, o Colorado garantiu os três pontos graças aos gols de Leandro Damião e Oscar. O meia Felipe Menezes descontou para o Botafogo. Com a vitória, o time de Dorival Júnior continua na briga por uma vaga na Libertadores de 2012.
O próximo desafio do Inter será contra o Flamengo de Ronaldinho. O jogo está marcado para o próximo domingo e ocorrerá no estádio Cláudio Moacyr, em Macaé, no Rio de Janeiro.
Um artilheiro renasce nos acréscimos
Inter e Botafogo começaram a partida no estádio Engenhão com muita disposição. O objetivo de ambos – uma vaga na Libertadores – transformou o confronto em um jogo de seis pontos, em que o derrotado poderia dar adeus a um lugar no torneio sul-americano.
Quem começou melhor foi o Inter e, como prometido durante a semana, a saída de bola do Botafogo, era marcada pelos jogadores de ataque. O time carioca, que contava com um técnico interino, tinha dificuldades para se articular e armar jogadas ofensivas para Loco Abreu e Herrera. A primeira chance foi dos visitantes e ela surgiu aos oito minutos. Após uma falta cobrada por D?Alessandro, o goleiro Jefferson espalmou a bola e fez grande defesa.
O Inter era melhor na partida, mas começou a encontrar obstáculos na medida em que o Botafogo entrou na partida. Aos poucos, o confronto ficou equilibrado e os ataques ficaram escassos. O time da casa assustou pela primeira vez aos 22 minutos. O volante Renato cobrou uma falta da direita e Fábio Ferreira cabeceou à esquerda do gol defendido por Muriel. A resposta colorada veio sete minutos depois, quando Nei passou por Cortês com extrema facilidade e cruzou da direita. Leandro Damião tocou na bola, mas não o suficiente para colocá-la para dentro do gol.
A partida ficou monótona a partir dos 30 minutos, quando as defesas eram superiores aos ataques das duas equipes. Faltando cinco minutos para o final do primeiro tempo, o Inter começou uma blitz. Aos 41, Leandro Damião roubou uma bola dentro da área do Botafogo, fintou o zagueiro e chutou forte. Por sorte dos cariocas, Fábio Ferreira se recuperou e abafou o arremate do centroavante colorado.
Em seguida, aos 44, Damião apareceu novamente. O camisa 9 tentou concluir um lance de voleio, mas a bola pegou altura e passou longe do gol de Jefferson.Três minutos depois, D?Alessandro assustou os botafoguenses. O meia recebeu a bola na direita e girou em cima do marcador. O argentino bateu forte de canhota e, graças a um desvio, a bola bateu na trave.
O Inter seguiu na pressão e, após uma tabela entre Kleber e Oscar, o time gaúcho abriu o placar. O meia recebeu na linha de fundo e fez um cruzamento rasteiro para área. Damião aproveitou o vacilo da zaga para abrir o placar e colocar o time de Dorival Júnior em vantagem no confronto.
No sufoco, Inter garante vitória
Decidido a não deixar escapar mais uma chance de entrar no G5, o Inter foi para cima do Botafogo. Logo aos cinco minutos, o time de Dorival Júnior perdeu a chance de ampliar o placar. Gilberto recebeu a bola de Leandro Damião perto da meia lua e arriscou o chute. A bola bateu na trave do goleiro Jefferson.
Assustado, o Botafogo deu a resposta um minuto depois. Galliardo fez boa jogada na esquerda e cruzou para área. Loco Abreu se antecipou à zaga colorada e cabeceou. Para sorte dos gaúchos, a bola saiu pela linha de fundo.
Em desvantagem, o Botafogo decidiu modificar a equipe. Aos 15 minutos, Caio entrou no lugar do atacante Herrera. Mal havia tocado na bola, a jovem revelação do Botafogo já causa incômodo ao Inter. Aos 20, ele lançou Elkeson e o atacante ficou cara a cara com Muriel. O camisa 9 chutou, mas o goleiro colorado fez uma ótima defesa.
Aos 22, veio o troco do Inter. Oscar, dentro da área, passou por Everton e cruzou a bola para Gilberto. O camisa 11 tentou a conclusão, mas o chute saiu errado, para a sorte do goleiro Jefferson.
Depois desse lance, o Gilberto deixou o gramado para a entrada de Andrezinho. A modificação, que alterou o esquema colorado, acrescentou um homem no setor de meio-campo. No primeiro lance do meia, o Inter conseguiu ampliar o placar aos 28. O camisa 17 lançou Oscar que, na saída de Jefferson, fez o segundo gol do Colorado.
A vantagem colorada de dois gols durou pouco, porque aos 31 minutos Felipe Menezes arriscou de fora da área e surpreendeu o goleiro Muriel. O gol botafoguense colocava ainda mais pressão no Inter, que somente se defendia na partida.
A partir daí, o jogo virou ataque-defesa. O Botafogo pressionou o Inter de todas as formas. O Colorado se defendia como podia e colocou Elton e Fabrício, nos lugares de D’Alessandro Oscar, respectivamente. O ferrolho funcionou para conter o ímpeto dos cariocas e levar os três pontos para Porto Alegre.
Inter 2
Muriel, Nei, Bolívar, Rodrigo Moledo e Kleber; Guiñazu, Tinga; D??Alessandro (Elton) e Oscar (Fabrício); Gilberto (Andrezinho) e Leandro Damião. Técnico: Dorival Júnior.
Gols: Leandro Damião, aos 48/1º; Oscar, aos 28/2º; Felipe Menezes, aos 31/2º;
Cartões Amarelos: D?Alessandro (I); Alessandro (B); Kleber (I); Everton (B); Rodrigo Moledo (I); Nei (I); Antonio Carlos (B);
Árbitro: Wilton Pereira Sampaio (DF).


Rua Barão do Rio Branco, 1012, sala 205 - Centro - Panambi - RS (55) 3375-8899, (55) 99118-5145, (55) 99119-9065

Entre em contato conosco

Copyright 2017 ® Agora Já - Todos os direitos reservados