Jovem sai para procurar emprego e desaparece em Gravataí - Agora Já -

Jovem sai para procurar emprego e desaparece em Gravataí

Foto:
1 de agosto de 2017

O sumiço de Bruna Friedrichs, 18 anos, preocupa seus familiares e amigos, em Gravataí. Em busca de emprego, na segunda-feira (31) pela manhã, a jovem saiu de casa dizendo a sua mãe, Neusa Friedrichs, que iria levar seu currículo a alguns departamentos de Recursos Humanos e, depois, iria para a residência de uma prima. 

 

No entanto, até a tarde desta terça-feira, ela não havia chegado ao destino anunciado nem retornado. 

 

No domingo, Bruna esteve com uma amiga e lhe disse que na segunda-feira iria fazer sua inscrição em um curso técnico de Enfermagem e, depois, procurar emprego. 

 

À família, uma mulher informou que a jovem esteve em uma agência de Recursos Humanos em Cachoeirinha. Depois, teria pego ônibus de volta a Gravataí. 

 

A família registrou ocorrência de desaparecimento na Delegacia de Polícia de Pronto Atendimento (DPPA) de Gravataí. Informações podem ser repassadas pelo telefone (51) 9 9969-3099.

 

Em dois meses, é o terceiro caso de desaparecimento de jovens nos municípios de Gravataí e Cachoeirinha. 

 

No dia 2 de junho, Nicolle Brito Castilho da Silva, de 20 anos, sumiu após ser vista entrando em um carro Peugeot 208 prata, em frente à casa onde mora com o pai, no bairro Vale do Sol, em Cachoeirinha. Até agora, a polícia não recebeu notícias sobre o seu paradeiro.

 

Na madrugada do dia 22 de julho, Caroline Schmitt, 23 anos, foi retirada de casa, no bairro Vila Vista Alegre, em Gravataí, juntamente com o padrasto, Luiz Fernando Silva, 35 anos, por três homens armados. 

 

No entanto, o delegado de homicídios de Gravataí, Felipe Borba, descarta qualquer relação ou semelhança entre os casos anteriores e o desaparecimento de Bruna.

 

*ZH


(55) 3375-8899, (55) 99118-5145, (55) 99119-9065

Entre em contato conosco

    Copyright 2017 ® Agora Já - Todos os direitos reservados
    error: Conteúdo protegido! Cópia proibida.