Kannemann segue tratamento, mas ainda não tem previsão de retorno aos gramados - Agora Já -

Kannemann segue tratamento, mas ainda não tem previsão de retorno aos gramados



Zagueiro só atuou quatro vezes em 2022

Foto: Lauro Alves / Agencia RBS
2 de agosto de 2022

A temporada 2022 definitivamente não estará entre as melhores lembranças de Walter Kannemann. O zagueiro iniciou o ano se recuperando de um cirurgia no quadril e ficou sem ir a campo até o final de março, quando fez pela primeira vez trabalhos físicos.  A partir de então, iniciou o processo de retorno aos gramados, que ocorreu  170 dias depois de seu afastamento, em jogo da Recopa Gaúcha, contra o Glória.

Capitão em Vacaria, o argentino ergueu o troféu em disputa entre o campeão gaúcho e o vencedor da Copa FGF de 2021 e deu esperanças ao torcedor de que poderia reviver a dupla com Pedro Geromel. Porém, após a partida no interior do Estado foram apenas três jogos pela Série B: contra Vasco, Novorizontino e Sport. Por conta da expulsão diante dos pernambucanos, ficou fora da rodada seguinte, contra o Sampaio Corrêa, na Arena.

Sem estar apto a entrar em campo diante dos maranhenses, o defensor de 31 anos cumpriu a mesma rotina dos demais não relacionados e ao realizar um treinamento na mesma manhã da partida, em 18 de junho, acabou sofrendo uma lesão muscular de grau 2 na panturrilha esquerda e desde então iniciou mais um período de recuperação.

A temporada 2022 definitivamente não estará entre as melhores lembranças de Walter Kannemann. O zagueiro iniciou o ano se recuperando de um cirurgia no quadril e ficou sem ir a campo até o final de março, quando fez pela primeira vez trabalhos físicos.  A partir de então, iniciou o processo de retorno aos gramados, que ocorreu  170 dias depois de seu afastamento, em jogo da Recopa Gaúcha, contra o Glória.

Capitão em Vacaria, o argentino ergueu o troféu em disputa entre o campeão gaúcho e o vencedor da Copa FGF de 2021 e deu esperanças ao torcedor de que poderia reviver a dupla com Pedro Geromel. Porém, após a partida no interior do Estado foram apenas três jogos pela Série B: contra Vasco, Novorizontino e Sport. Por conta da expulsão diante dos pernambucanos, ficou fora da rodada seguinte, contra o Sampaio Corrêa, na Arena.

Sem estar apto a entrar em campo diante dos maranhenses, o defensor de 31 anos cumpriu a mesma rotina dos demais não relacionados e ao realizar um treinamento na mesma manhã da partida, em 18 de junho, acabou sofrendo uma lesão muscular de grau 2 na panturrilha esquerda e desde então iniciou mais um período de recuperação.

 

*Com redação de André Silva em GaúchaZH


(55) 3375-8899, (55) 99118-5145, (55) 99119-9065

Entre em contato conosco

    Copyright 2017 ® Agora Já - Todos os direitos reservados
    error: Conteúdo protegido! Cópia proibida.