Levantamento parcial indica que mais de 72 mil crianças foram vacinadas no Dia C no RS - Agora Já -

Levantamento parcial indica que mais de 72 mil crianças foram vacinadas no Dia C no RS



Doses foram aplicadas em crianças de 5 a 11 anos, no sábado (19), em 378 municípios. Ijuí foi a cidade que mais aderiu, com 3.880 doses, seguida por Santa Maria, Pelotas, São Gabriel e Porto Alegre.

Foto: Divulgação
21 de fevereiro de 2022

A Secretaria Estadual da Saúde (SES) divulgou nesta segunda-feira (21) um levantamento parcial do Dia C da Vacinação infantil contra o coronavírus, realizado no sábado (19). Segundo a SES, 72.830 doses foram aplicadas em crianças de cinco a 11 anos em 378 municípios.

Somadas às doses que já foram contabilizadas, são cerca de 390 mil crianças imunizadas com a primeira dose, o equivalente a 40% do total da população estimada para esta faixa-etária. No vacinômetro, ainda constam pouco mais de 317 mil ou 32,9% do público com uma dose infantil de CoronaVac ou Pfizer.

Ijuí foi a cidade com maior movimento reportado, com 3.880 doses. A lista dos cinco municípios que mais aderiram tem ainda Santa Maria (3.376 doses), Pelotas (3.186), São Gabriel (3.115) e Porto Alegre (2.977).

Dados consolidados ainda deverão ser compilados ao longo da semana, conforme as secretarias municipais informem no Sistema de Informações do Programa Nacional de Saúde (SI-PNI) .

Com ciclo completo são 3.506.087 pessoas, ou seja, 30,5% da população gaúcha com três doses ou duas para quem recebeu a primeira da Janssen. Além disso, outras 128,8 mil doses adicionais foram aplicadas em pessoas com baixa imunidade.

Há, ainda, 8.556.589 pessoas com as duas doses das vacinas CoronaVac, Pfizer e AstraZeneca ou a dose única da Janssen, o que deixa o estado estacionado em 74,6% da população com esquema primário completo.

O consórcio de veículos de imprensa utiliza dados atualizados do IBGE. Logo, os dados podem diferir levemente dos levantamentos oficiais das secretarias de Saúde.

3 milhões com alguma dose em atraso

Apesar disso, mais de 3 milhões de pessoas estão com alguma dose em atraso no Rio Grande do Sul, principalmente entre os idosos. Nesta faixa etária, a pessoa com dose de reforço teve até 21 vezes menos risco de óbito em comparação com aquelas não vacinadas.

Das mais de 9,3 milhões que fizeram a primeira dose657 mil estão com a segunda em atraso. Elas representam aquelas que deixaram expirar o prazo para completar o esquema primário. Veja abaixo os grupos etários:

  • 12 a 14 anos: 79.273
  • 15 a 17 anos: 78.830
  • 18 a 19 anos: 38.401
  • 20 a 24 anos: 100.900
  • 25 a 29 anos: 88.249
  • 30 a 34 anos: 69.422
  • 35 a 39 anos: 53.886
  • 40 a 44 anos: 38.855
  • 45 a 49 anos: 28.315
  • 50 a 54 anos: 22.631
  • 55 a 59 anos: 19.477
  • 60 a 64 anos: 13.001
  • 65 a 69 anos: 8.295
  • 70 a 74 anos: 5.108
  • 75 a 79 anos: 3.827
  • 80 e mais anos: 8.625
  • Sem informação: 511
  • Total: 657.606

 

Em relação à dose de reforço, são mais de 2,5 milhões de pessoas com ela em atraso, ou seja, com mais de quatro meses desde a segunda dose ou dose única.

*Fonte: G1


(55) 3375-8899, (55) 99118-5145, (55) 99119-9065

Entre em contato conosco

    Copyright 2017 ® Agora Já - Todos os direitos reservados
    error: Conteúdo protegido! Cópia proibida.