Localizado sétimo corpo em escombros de prédios no Rio - Agora Já -

Localizado sétimo corpo em escombros de prédios no Rio

Foto:
27 de janeiro de 2012

As equipes de buscas e resgate encontraram por volta das 8h desta sexta-feira o corpo da sétima vítima do desabamento de três edifícios no Centro do Rio, ocorrido na noite de quarta-feira, 25, segundo informações da Rádio Estadão/ESPM.

Segundo o subcomandante de busca e salvamento, Rodrigo Bastos, o corpo estava em um ponto isolado dos demais corpos encontrados. Neste momento, as equipes realizam os trabalhos de busca onde estariam as vítimas que participavam de um curso de informática. De acordo com os bombeiros, cerca de 80% dos escombros já foram vasculhados.

Com esse resgate, ao menos 19 pessoas ainda continuam desaparecidas, segundo estimativa da prefeitura. Parentes e amigos chegam a todo momento em busca de informações.

Enterro

O técnico em informática Celso Renato Cabral Filho, uma das vítimas dos prédios que desabaram na avenida Treze de Maio será enterrado às 10h30min desta sexta-feira no cemitério Maruí Grande, no Barreto, em Niterói, região metropolitana. O corpo é velado na capela B.

Dinheiro em cofre

O desabamento esconde um tesouro que as autoridades ainda não sabem como retirar de debaixo dos escombros. A agência do banco Itaú, de número 0607, tem entre R$ 2 milhões e R$ 3 milhões guardados dentro do cofre.

Em nota oficial, o banco diz que os clientes afetados serão atendidos em outras 11 agências que funcionam na região, mas deixa transparecer a preocupação da instituição ao afirmar que “equipes do banco estão no local desde a noite de ontem para acompanhar e contribuir com o trabalho e adotar as providências cabíveis e necessárias”.

De acordo com uma fonte do banco ouvida pelo R7, o receio é que a quantidade de dinheiro chame a atenção da população, criando problemas de segurança. Estamos em contato com os bombeiros, a Defesa Civil e outras autoridades que isolam a área. A primeira providência é localizar as vítimas, mas estamos monitorando o cofre.

Segundo o Banco Central, os correntistas da agência não terão qualquer prejuízo com a destruição da agência. Pelas regras da autoridade monetária, assim que o dinheiro for resgatado, o banco poderá fazer a troca das notas danificadas por outras novas.


(55) 3375-8899, (55) 99118-5145, (55) 99119-9065

Entre em contato conosco

    Copyright 2017 ® Agora Já - Todos os direitos reservados
    error: Conteúdo protegido! Cópia proibida.