Multas por embriaguez ao volante caem 26% nas rodovias federais do RS e 6% nas estaduais durante feriado de Ano-Novo - Agora Já -

Multas por embriaguez ao volante caem 26% nas rodovias federais do RS e 6% nas estaduais durante feriado de Ano-Novo



Queda é associada à redução do trânsito devido à pandemia e à alteração de protocolos de abordagem aos motoristas

Foto: PRF Divulgação
4 de janeiro de 2021

Dados da Polícia Rodoviária Federal (PRF) e do Comando Rodoviário da Brigada Militar (CRBM) apontam queda nos indicadores de embriaguez ao volante durante o feriado de Ano-Novo. A comparação se dá em relação à virada de 2019 para 2020.

Em rodovias federais, houve redução de 26% no número de flagrantes por embriaguez ao volante, de acordo com a PRF. Mesmo assim, foram flagradas 57 pessoas. Nas rodovias estaduais, a queda nos autos de embriaguez de motoristas teve queda de 6%, passando de 108 para 106 casos no mesmo período de dias.

Apesar dos indicadores considerados positivos, o comandante do CRBM, José Henrique Gomes Botelho, frisou que a pandemia afetou protocolos e o movimento de motoristas, o que diminuiu as abordagens.

— Os testes de etilômetro foram menores também. Isso por conta de uma resolução. Nossa prática antes da pandemia era abordar e, independente da situação, fazer o teste do etilômetro. Com a resolução, isso afetou bastante a autuação — disse o Coronel Botelho.

Em abril de 2020, uma resolução do Conselho Estadual de Trânsito (Cetran-RS) adotada em função da pandemia de coronavírus determinou maior cuidado na limpeza dos etilômetros. Entre as ações, estão intervalo mínimo de 10 minutos entre a higienização do equipamento e a aplicação de novo teste. Além disso, os testes são restritos somente a acidentes de trânsito ou condutores com visíveis sinais de embriaguez.

Essa determinação não afetou as ações da Polícia Rodoviária Federal, que não precisou seguir as determinações do Cetran-RS. Entretanto, a PRF também alterou protocolos. Em nota, a corporação informou que, com a redução dos eventos de grande porte em função da pandemia, também houve queda nas grandes operações. Outro ponto alegado é o aumento de tempo para higienizar o equipamento e realizar novos testes.

O feriado de Ano-Novo registrou sete mortes nas rodovias estaduais e federais gaúchas, três a menos do que na virada de 2019 para 2020.

Confira a nota da PRF

“A pandemia causou a redução da realização de testes com etilômetro pela diminuição do fluxo de veículos, suspensão de grandes operações específicas ( para evitar aglomerações e devido a não ocorrência de grandes eventos oficiais envolvendo consumo de bebida alcoólica) e aumento no tempo de realização de cada teste devido à necessidade de higienização do aparelho.

Porém, nos adaptamos, seguimos fiscalizando a embriaguez ao volante para a redução de acidentes com toda a segurança possível  para os fiscalizados e os policiais”.

 

*Com informações GaúchaZH


(55) 3375-8899, (55) 99118-5145, (55) 99119-9065

Entre em contato conosco

    Copyright 2017 ® Agora Já - Todos os direitos reservados
    error: Conteúdo protegido! Cópia proibida.