O Grito da Amazônia em chamas ecoa no mundo e abrirá as portas do Brasil para a invasão americana. - Agora Já -

O Grito da Amazônia em chamas ecoa no mundo e abrirá as portas do Brasil para a invasão americana.

23 de agosto de 2019

O Grito da Amazônia em chamas ecoa no mundo e abrirá as portas do Brasil para a invasão americana.

 

Hoje ecoa em todo o planeta o ganido, o gemido, o piar e o desespero da nossa flora e fauna destruída na Amazônia, pelo fogo da irresponsabilidade de uma administração que despreza a vida.

O ódio destilado a cada manifestação do presidente da república, o descaso com o pensamento de todos que não se afinam à sua forma de pensar, ainda vai trazer muitos dissabores à Nação Brasileira, hoje dividida entre dois lados.

As instituições estão sendo todas desestruturadas, o país está sob intervenção e o resultado disto tende a ser o pior possível. É nós contra eles e …vamos a luta, só que agora esta luta será de irmão contra irmão, de preferência todos armados para que o extermínio seja rápido.

Daí então, como sempre ocorre nos países subservientes, surgirá o grande protetor os Estados Unidos, para quem o presidente eleva sua mais respeitosa “continência” em sinal de submissão. Os EUA entrarão no Brasil para apaziguar, para “trazer a paz” e daí a Amazônia, que já começou a ser destruída, será a base para os benfeitores, entrarão e instalarão o governo paralelo com a anuência do chefe da nação.

A queimada da Amazônia não foi um caso fortuito, começou com a destituição do funcionário que divulgava os dados do desmatamento, dizendo(o presidente) que os dados eram mentirosos. Já mexeu no COAF, na PF, no CONTRAN e irá mexer em todas as autarquias que podem lhe causar dores de cabeça, seja para encobrir a corrupção na ALERJ seja para garantir a impunidade de seus asseclas.

Todas as ações estão sendo devidamente pensadas e pesadas e as decisões orquestradas de forma a lhe assegurar o domínio total. jair Bolsonaro, foi eleito para governar uma Nação, mas preferiu governar(…) apenas para aqueles que lhe apoiaram e que compactuam com sua forma de pensar, forma esta que já se mostrou nem um pouco convencional.

Da forma como está se assenhorando na cadeira de presidente da república jair bolsonaro ainda fará com que Idi Amin Dadá seja lembrado apenas como mais um. Os 300 mil mortos no regime mais tirano e insano que a África experimentou em toda sua história tende a perder status.


(55) 3375-8899, (55) 99118-5145, (55) 99119-9065

Entre em contato conosco

Copyright 2017 ® Agora Já - Todos os direitos reservados