Polícia busca na Região Metropolitana de Porto Alegre por motorista de aplicativo desaparecido no réveillon - Agora Já -

Polícia busca na Região Metropolitana de Porto Alegre por motorista de aplicativo desaparecido no réveillon



Paulo Junior da Costa, 22 anos, está desaparecido desde a noite de segunda-feira (31), quando fazia corridas pela Uber. Polícia informa que não descarta nenhuma possibilidade. Família diz manter as esperanças de encontrá-lo bem.

2 de janeiro de 2019

A Polícia Civil faz buscas na Região Metropolina de Porto Alegre por Paulo Junior da Costa, 22 anos, estudante e motorista de Uber que está desaparecido desde a noite do ano novo, 31 de dezembro.

Segundo a delegada do caso, Roberta Bertoldo, as equipes se concentram em Porto Alegre, onde Paulo teria feito corridas pelo aplicativo, e na Região Metropolitana, com auxílio de um helicóptero. Nenhuma linha de investigação é descartada, diz a delegada.

Paulo falou com dois familiares antes de desaparecer. A namorada recebeu mensagens de texto às 19h30, informando que ele teria aceitado uma corrida até Pelotas, no Sul do estado. Essa hipótese foi descartada pela polícia.

Depois, Paulo falou com o pai por telefone, por volta das 22h, dizendo que estaria voltando para casa, mas não retornou.

O celular do jovem está desligado e o carro não tem rastreador, conforme a delegada. O último registro de Paulo no aplicativo de corridas é por volta das 18h do dia 31, algumas horas antes dos contatos com a família. Roberta Bertoldo, porém, explica que não dá mais detalhes, como origem e destino da corrida, para não atrapalhar as investigações.

“Ainda temos esperança”

Neiva Amador, mãe de Paulo, acompanha com angústia as buscas pelo filho. “Ainda temos esperanças de trazer o Paulo pra casa”, diz.

Neiva conta que Paulo trabalha como Uber para complementar a renda. Ele é estudante de engenharia mecânica e faz estágio entre 7h e 14h30. “Ele faz só em Guaíba, depois do estágio até às 18h, antes de ir para a faculdade”, comenta a mãe. “Mas como estava de férias, estava fazendo [corridas] direto”.

No dia 31, Neiva falou com o filho por volta das 11h, enquanto ele fazia corridas em Porto Alegre. “Eu disse pra ele voltar para Guaíba”, relembra a mulher, que também é mãe de um menino de 10 anos.

A empresa enviou nota sobre o caso. “A Uber está à disposição das autoridades para colaborar com as investigações sobre o desaparecimento do motoristo parceiro Paulo Junior da Costa, na forma da lei.”

Fonte: G1-RS / Foto: Arquivo Pessoal


Rua Barão do Rio Branco, 1012, sala 205 - Centro - Panambi - RS (55) 3375-8899, (55) 99118-5145, (55) 99119-9065

Entre em contato conosco

Copyright 2017 ® Agora Já - Todos os direitos reservados