Polícia Federal no RS suspende greve durante o período eleitoral - Agora Já -

Polícia Federal no RS suspende greve durante o período eleitoral

Foto:
30 de setembro de 2012
Está temporariamente suspensa a greve dos agentes da Polícia Federal no Rio Grande do Sul. A categoria atendeu à determinação do Superior Tribunal de Justiça (STJ) para que 100% do efetivo esteja disponível durante o período eleitoral. Porém, o sindicato da categoria promete retomar a paralisação após o fim do 1º turno das eleições, no dia 7 de outubro.
“É um limitador da greve, mas ela não foi finalizada. Não vamos deixar de cumprir (a determinação do STJ), mas vamos tentar levar o movimento até que o governo abra uma negociação”, disse o presidente do Sindicato dos Policiais Federais do Rio Grande do Sul (Sinpef/RS), Paulo Paes.
O Sinpef já entrou com recurso no STJ pedindo a reversão da decisão que determina um número mínimo de agentes trabalhando durante a greve. Após o primeiro turno, a exigência é que 70% dos policiais sigam atuando.
A paralisação dos policiais federais iniciou em 7 de agosto. Antes da decisão, estavam suspensos os serviços de atendimento ao público, como emissão de passaportes e de porte de arma, atendimento a estrangeiros e fiscalização de empresas de vigilância, entre outros. A categoria manteve apenas os plantões, as ocorrências em flagrante e custódia de presos.
Mobilizados em nível nacional, os servidores da PF reivindicam um plano de reestruturação da carreira dos agentes, escrivães e papiloscopistas. O salário inicial dos três cargos é R$ 7,5 mil, o equivalente a 56,2% da remuneração dos delegados, cujo vencimento inicial é R$ 13,4 mil.
No Rio Grande do Sul, a categoria também pleiteia melhores condições de trabalho, principalmente com a contratação de novos funcionários. Atualmente, há 700 policiais federais no estado, para uma demanda de trabalho que exigiria pelo menos 1,5 mil, afirma o Sinpef-RS.

(55) 3375-8899, (55) 99118-5145, (55) 99119-9065

Entre em contato conosco

    Copyright 2017 ® Agora Já - Todos os direitos reservados
    error: Conteúdo protegido! Cópia proibida.