Polícia prende índio que estuprou e matou menina de sete anos no Noroeste gaúcho - Agora Já -

Polícia prende índio que estuprou e matou menina de sete anos no Noroeste gaúcho

Foto:
30 de novembro de 2013

A Polícia Civil prendeu em flagrante, no inicio desta tarde, um índio de 23 anos que estuprou e matou uma menina de sete anos, em Barra do Guarita, no Noroeste do Estado. A prisão ocorreu em uma reserva indígena da cidade.

Durante depoimento, ele admitiu o crime e alegou ter fumado maconha antes do abuso. O jovem estava foragido desde agosto do sistema prisional. Ele cumpria pena no regime semiaberto na Penitenciária Estadual de Três Passos. Conforme a Polícia Civil, ele já tinha roubado e estuprado uma pessoa em 2007 e assassinado outra em 2009. Após o flagrante ele será reconduzido ao presídio de Três Passos, porém, agora, será encaminhado ao regime fechado.

A menina foi abusada na noite desta sexta-feira em um matagal da cidade. Ela morreu no Hospital Santo Antônio, de Tenente Portela. A administração da unidade hospitalar tentou transferi-la três vezes de hospital, junto à Central de Leitos do Estado, que não conseguiu vaga para ela em nenhuma casa de saúde com UTI Pediátrica. A criança morreu no início desta manhã. A menina tinha lesões visíveis de abuso sexual, hipotermia, fratura de clavícula e traumatismo craniano.

 

Fonte: Lucas Rivas/Rádio Guaíba


(55) 3375-8899, (55) 99118-5145, (55) 99119-9065

Entre em contato conosco

    Copyright 2017 ® Agora Já - Todos os direitos reservados
    error: Conteúdo protegido! Cópia proibida.