Sulgás define repasse a clientes do reajuste do gás natural; GNV subirá 27,99% - Agora Já -

Sulgás define repasse a clientes do reajuste do gás natural; GNV subirá 27,99%



Clientes residenciais, industriais e comerciais passarão a pagar de 10,7% a 31,6% mais caro pelo combustível

Foto: JUAN BARBOSA / Agência RBS
12 de janeiro de 2022

As novas tabelas com os preços reajustados do gás natural para clientes da Sulgás passam a valer nesta quinta-feira (13). O aumento foi autorizado pela Agência Estadual de Regulação dos Serviços Públicos Delegados do Rio Grande do Sul (Agergs) no último dia 7 e publicado no Diário Oficial do Estado nesta terça-feira (11).

Clientes residenciais, industriais e comerciais passarão a pagar de 10,7% a 31,6% mais caro pelo combustível. No caso do gás natural veicular (GNV), a alta é de 27,99%. É o combustível que tem sido usado por motoristas como alternativa à gasolina. O gás recebido pelos postos já estará com preço superior em R$ 0,6644 por metro cúbico, sem considerar impostos.  Sindicato que representa os postos, o Sulpetro diz não ter como estimar de quanto será o repasse às bombas, mas, geralmente, ocorre em valor semelhante.

Atribuindo ao alto preço do petróleo e do gás no mercado internacional, a Petrobras aplicou uma elevação no gás natural de 50% no início de janeiro, que incide sobre cerca de metade do suprimento da Sulgás, o que diminuiu o valor do repasse aos postos. O aumento reflete apenas a reposição do custo da molécula, sem nenhum ganho para a distribuidora, faz questão de frisar a Sulgás, que foi privatizada recentemente.

Em entrevista o presidente Carlos Camargo de Cólon garantiu que o GNV continuaria atrativo em relação à gasolina, mesmo com o aumento.

 

 

*Fonte: GaúchaZH por GIANE GUERRA e DANIEL GIUSSANI


(55) 3375-8899, (55) 99118-5145, (55) 99119-9065

Entre em contato conosco

    Copyright 2017 ® Agora Já - Todos os direitos reservados
    error: Conteúdo protegido! Cópia proibida.