Tarado do Mercado volta atacar criança, desta vez no Bairro Fátima - Agora Já -

Tarado do Mercado volta atacar criança, desta vez no Bairro Fátima

28 de dezembro de 2011

Um homem de 57 anos com passagem pela polícia por atentar sexualmente contra crianças em mercado no centro da cidade, é suspeito de ter cometido mais um crime no início da noite de ontem no Bairro Fátima.
O Fato:
João Silveira Lima realizava serviços de construtor em uma Rua no Bairro Fátima e fez amizade com as crianças das imediações e na tarde/noite de ontem por volta das 19h50min foi flagrado por testemunhas molestando uma menina de 5 anos de idade.
A Brigada Militar foi acionada, prendeu o indivíduo e com ele apreendeu um canivete que teria sido utilizado para amedrontar a criança. O referido foi conduzido juntamente com as testemunhas na Delegacia de Polícia. O Conselho Tutelar assumiu os cuidados da criança que foi levada ao Hospital onde a mesma informou que o acusado tentou consumar um ato sexual com ela.
Testemunhas:
Na tarde de ontem quando deram falta da menina imediatamente passaram a procurá-la. Uma vizinha foi até a casa desabitada onde o suspeito estava realizando obras de reforma e perguntou pela criança tendo recebido a informação de que a mesma não estaria com ele. Após procurar em outras casas da circunvizinhança, a senhora retornou a casa, porque notara que havia roupas espalhadas nas proximidades do banheiro e quando retornou encontrou a criança que estava saindo da casa. Ao ser interpelada a criança não quis fornecer informações do ocorrido apenas limitando-se a pedir para tomar banho.
Prisão:
Diante das acusações contundentes e até mesmo veementes, formando-se uma verdadeira comoção, e também, pela tentativa de fuga do acusando tão logo avistou a viatura policial tendo sido necessário o bloqueio da via para interceptá-lo, a Brigada Militar prendeu o indivíduo conduzindo até o Pronto Socorro e posteriormente apresentando-o na Delegacia de Polícia, preso por estupro de vulnerável, onde foram tomados os depoimentos das testemunhas e juntadas às versões da criança, e do acusado e as peças encaminhadas ao Delegado de Plantão o qual solicitou à justiça a homologação da prisão em flagrante do elemento que já está na Penitenciária Modulada de Ijuí.
Exames:
Na manhã desta quarta-feira, a criança foi levada à Ijuí para a realização de um exame pericial. Exames preliminares realizados na noite de ontem não indicaram a conjunção carnal, porém, apenas após a realização do exame pelo Instituto Médico Legal haverá um veredito concreto. No entanto a simples tentativa, considerando-se a vulnerabilidade da vítima já qualifica o crime.  Existe legislação específica para penalizar o caso.Estupro de vulnerável (Incluído pela Lei nº 12.015, de 2009)
Art. 217-A. Ter conjunção carnal ou praticar outro ato libidinoso com menor de 14 (catorze) anos:  Pena – reclusão, de 8 (oito) a 15 (quinze) anos. 


Rua Barão do Rio Branco, 1012, sala 205 - Centro - Panambi - RS (55) 3375-8899, (55) 99118-5145, (55) 99119-9065

Entre em contato conosco

Copyright 2017 ® Agora Já - Todos os direitos reservados